sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Não está fácil não...

Tem-me acontecido tantas vezes tomar café depois do almoço e... esquecer-me de almoçar! (nem a sandwich que me habituei a comer nas fases mais críticas de falta de tempo por aqui)
Só dou por isso quando chego a casa esfaimada...
Por acaso tenho reparado que quando chego ao café/restaurante onde costumo ir à hora de almoço e peço o dito café depois do almoço que não foi, as senhoras olham para mim com um ar mais ou menos espantado, deve ser porque me esqueço do almoço e os amiguinhos da hora de almoço devem achar que estou de dieta, por isso fico sem almoçar. Tenho de pedir a alguém para cuidar de mim. Help!!!!!!

quinta-feira, 30 de outubro de 2008

O Desafio - não me esqueci!

Um Gajo Qualquer... lançou-me o desafio para enumerar 5 livros preferidos ou os últimos 5 que li.
Bom aqui vão as minhas escolhas por ordem aleatória:

Espírito e Graça de Guerra Junqueiro (não me lembro do autor, o livro não está cá em casa!)

O Rio das Flores - Miguel Sousa Tavares

The Year of the French - Thomas Flannagan

The Brethren - Jonh Grisham

Os Maias - Eça de Queiroz

Agora, depois da Kika Non s´Aguenta ter desafiado Um Gajo Qualquer... e Ladybug e deste me ter desafiado e à Tita, está na hora de desafiar o S3ntido da Vida e a Thunderlady.
Escolham os vosso 5 livros favoritos ou os 5 últimos que leram!

Dilema

Não sei se hei-de ir ou não... e cá estou eu neste cantinho a pensar com as letras do teclado!
Por um lado apetece-me imenso ir, vou em "trabalho", um "trabalho" que gosto, com pessoas que gosto muito.
Por outro lado a minha teenager quer ficar sózinha em casa e não me apetece fazer a viagem sózinha à noite para o Algarve.
Tenho mais uns minutos, poucos para decidir...

E prontos!*

À conta do trabalho lá se foi um jantarinho com os Amigos! Estava mesmo a apetecer-me...
Nem que estivesse 24h aqui conseguia despachar tudo o que tenho para fazer, mas esta parte tenho mesmo de acabar hoje.
O que me vale é este cantinho como diz a Tita onde vou desabafando!
Talvez consiga ir tomar um café com a X. depois dos afazeres domésticos, o chamado 2º turno ou turno da noite.

*( Gostam do prontos? É sinal que só me apetece mandar tudo isto às couves!)

Hummm


Bolo de chocolate, aquele baixinho, quase cru e morangos...um pequeno grande prazer

(Não se assustem não estou grávida, deve ser mesmo do dia - post anterior)



Hoje passava o dia debaixo de um destes a ouvir a chuva...

Que chatice...

...já está outra vez quente!
Não sei o que se passa com a minha orelha esquerda.
De há uns dias para cá tem andado um bocado quente! Dizem que é alguém a falar mal... Isso não me incomoda muito, o que me chateia mesmo é sentir a orelha quente!
Chateia tanto que já andei a pesquisar sobre orelhas quentes e um dos remédios sugeridos é trincar o dedo mindinho da mão esquerda!? Dá para acreditar nisto?

+1



Estou feliz! Fui premiada!
Sim, fui premiada com +1 tarefa.
E a tarefa é?... Organizar +1 vez o jantar de Natal da empresa.
Quase que supliquei para não ser este ano, até disse: "Jantar de Natal não, pleeeease.
Fazemos antes um piquenique de Primavera ou Verão. É muito mais agradável”.
Não estou sózinha o meu fiel amigo, dir. RH, está comigo, mas o espírito dele não é muito diferente do que o meu!
Porque somos sempre os escolhidos para esta tarefa? Todos os anos pensamos: “Será que este ano nos safamos?”
Lá vamos nós ter de escolher um sítio, a ementa, o vinho, discutir orçamentos e de inventar 1001 divertimentos, música, prendas, rifas, surpresas, etc. para animar uma noite de convívio.
Isto é o reconhecimento do nosso trabalho e da confiança que têm em nós – Dão-nos mais trabalho!

quarta-feira, 29 de outubro de 2008

E...


...inaugurei hoje a estação invernosa!

terça-feira, 28 de outubro de 2008

Please Forgive Me


Bryan Adams

Tentação


Estou tentada, não nesta cor.
Nesta devo chegar com os pés ao chão, não?
O cesto à frente é o máximo!
Hoje talvez não seja o melhor dia para pensar neste assunto, porque mesmo com os pés na terra levantei vôo por uns instantes...
Estou estranhamente calma...

Trapalhices

Ontem estava tão (des)concentrada a fazer 3 ou 4 coisas ao mesmo tempo que nem reparei que tinha publicado o mesmo comentário 2 xs no sítio errado...
É o que dá achar que posso fazer tudo ao mesmo tempo.
Se um dia virem reuniões marcadas no blog avisem-me!!!!
Às vezes acho que estou a dar em doida, o que me conforta é que não sou só eu, do outro lado do Atlântico um "companheiro" de aventuras ou desventuras profissionais, com quem acho que nunca falei, envia-me a seguinte resposta a um email - "WOOOAAAAHHHH!!! Haha. Ok – set for 6th at 5pm." - Isto foi só mesmo porque conseguimos marcar uma reunião!

domingo, 26 de outubro de 2008

Never Gonna Give you Up


Vínhamos no carro depois do nosso footing e resolvo pôr a M80 quando começa “Never Gonna Give you up” do Rick Astley, podem até achar que é um bocado pirosa (no vídeo reparem na forma de dançar, aqueles passos eram o máximo, coro - uuu give you up é do melhor!), mas a letra é…
A minha amiga X. (podia ser Y ou Z, mas gosto mais do X) que tem uma excelente capacidade de análise, é genuína, objectiva e diz o que tem a dizer francamente, mas com muito cuidado. Bom, retomando, depois de eu ter comentado “tudo isto é muito bonito, mas é uma grande mentira, são os violinos 1, 2, 3 e 4”, diz com a sua calma habitual “Não. É tudo verdade, e tens a sorte de ter tido alguém que já te disse e sentiu isso por ti. Quando ele te disse tudo o que está nesta letra e disse-o, isso era verdadeiro”.

A X. tinha razão tudo era verdadeiro o único problema é o “Never”.

FDS

Foi um fim-de-semana calmo, sem grandes noitadas.
Estive com o meu amigo mais antigo, passámos uma tarde juntos (sim, podemos ter amigos homens!), tínhamos combinado um passeio de moto, adoro andar à pendura, mas como não lhe apetecia muito andar de moto fizemos o tal passeio de descapotável o que foi talvez melhor porque pudemos conversar mais tempo e apanhei mais ar, o capacete pode salvar-nos a vida mas não nos deixa sentir a “velocidade” na cara!
A disposição dos 2 não era a melhor, todos os sítios por onde passávamos, os carros que víamos, etc. tudo nos fazia lembrar os nossos ex, mas lá estávamos um para o outro.
Acabámos numa tasca onde comemos uma salada de polvo fantástica, talvez a melhor até hoje, e um prego há altura da dita salada.
Ao fim do dia, surpresa…. Aparece um dos irmãos mais velhos dele o tal do conselho que já não via há … anos!
No dia seguinte almocei na casa nova de uma amiga que é o MÁXIMO, toda construída de raiz, tudo pensado ao pormenor, desde os materiais até às entradas de luz natural, à arrumação, à piscina, o jardim que transmite uma caaaalma. Outra tarde calma posso dizer mesmo em família que me trouxesse alguma tranquilidade, confesso que com alguma inveja a que chamo de saudável por estar com uma família feliz…
Mas o final de tarde foi surpreendente: fui buscar a minha amiga X. para irmos bebericar qualquer coisa à beira rio e mal a vi na rua comecei a rir sozinha, a rir mesmo, porque estávamos as 2 vestidas de igual, calças beiges iguais, mas exactamente iguais e top preto com casaco (ela) pullover (eu) preto!... É o que dá termos bom gosto e irmos às compras juntas!
X. este post é para ti, porque sei que queres mas não consegues comentar o post anterior.
podes comentar aqui.
Boa escrita!

If you just realize...


Colbie Caillat

sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Xi!...

Estive a rever o que tenho escrito nos últimos 2 meses e dei comigo a pensar:
"Xi, a quantidade de coisas que escrevi! O mês de Outubro ainda não acabou e já foram postados(?) 49 escritos?! - com este 50! - Precisava mesmo de desabafar e de escrever..., mas porquê se até tenho amigos que me ouvem, têm pachorra, e garanto que ouvem os maiores disparates todos os dias..."
Sei que me tenho divertido, apesar da fase cinzenta escura que atravesso e cada vez gosto mais de vir aqui!
Continuo à procura da côr na minha vida, eu tento enchê-la de côr, até mudei a roupa de cama para cores alegres, comprei cortinas cor-de-laranja (não se assustem os que me conhecem), saio, divirto-me, mas por dentro a côr não muda... E continuo sem perceber qual o sentido da minha vida.
E pelo que tenho lido neste mundo virtual o estado das coisas não é muito diferente para grande parte dos bloguistas.
Será que antes, no tempo dos nossos pais (esta expressão é um bocado bah, mas é a única que me lembro) , também havia toda esta busca, desequilibrio, complicação e insatisfação?

Para as Amigas!


Notícia de última hora via email.
Votado o homem mais bonito do Mundo - Saki Rouva.
OK my friends – close your mouth now, wipe the drool off your desk & get back to work…


Uma rapidinha!

(Não, não é uma cerveja nem qualquer outra coisa que possam estar a pensar!...)

É só mesmo para dizer que é bom trabalhar com pessoas bem dispostas e com sentido de humor.

Neste campo sou uma sortuda!

Cultivemos a boa disposição!!!!!

Não!

Não posso pensar no dia de hoje e nos seguintes.
Não! Não posso.
Só posso pensar em coisas boas, boas mesmo!!!!!!

Rotundas

Estas rotundas podem desorientar-nos:
X – Encontramo-nos no semáforo ao pé de tua casa.
Y – Aquele a seguir à rotunda quando vimos de tua casa?
X – Sim, aquele depois da rotunda ao pé de tua casa.
Y – Qual?
X – O que fica entre a rotunda ao pé de minha e a rotunda ao pé da tua casa!


Pois é, no espaço de 500m ou menos, temos 2 rotundas... Somos umas miúdas com sorte, ah!

quinta-feira, 23 de outubro de 2008

As Botas...

Num infantário a educadora está a ajudar um menino a calçar as botas.
Ela faz força, faz força, e parece impossível; as botas entram muito apertadas.
Ao fim de algum tempo, e a muito custo, uma bota já entrou e a outra já está quase.
Nisto diz o miúdo: - As botas estão trocadas!
A educadora pára, respira fundo, vê que o rapaz tem razão e começa a tirar-lhe as botas novamente.
Mais uma dose de esforço e depois ela torna a tentar colocar-lhe as botas, desta vez nos pés certos.
Ao fim de muito tempo e muito esforço, ela lá é bem sucedida e diz:
- Bolas... estava a ver que não... custou...
- Sabe, é que estas botas não são minhas!
A educadora fecha os olhos, respira fundo e lá começa a descalçar o rapaz novamente.
Quando finalmente consegue, diz ao miúdo:
- OK! De quem é que são estas botas, então?
São do meu irmão! A minha mãe obrigou-me a trazê-las!
A educadora fica em estado de choque, pulsação acelerada, vai respirando fundo, decide não dizer nada e novamente a calçar o rapaz.
Mais uma série de tempo e finalmente consegue.
No fim diz-lhe:
- Pronto, as botas já estão! Onde é que tens as luvas?
- Pus nas botas!
(recebida mesmo agora por email)

Prémio Dardos


"O conceito deste prémio passa por reconhecer valores culturais, éticos, literários e pessoais, transmitidos de forma criativa e original nos pedacinhos rabiscados por cada blogueiro que o receba."
Obrigado
"um Gajo Qualquer..." !
Aqui vão alguns blogs que me norteiam:
O S3NTIDO D4 VID4

São aqueles que espreito todos os dias e várias vezes!

Sábado às 18h!


Acho que para descarregar esta irritação toda vou seguir a sugestão da Rádio Comercial e no próximo Sábado vou ao Largo Camões para a GUERRA DE ALMOFADAS!!!!!!!!! (ao que nós chegámos!?)
Atenção: só podem levar almofadas fofinhas.

Nacional Porreirismo...

Se há coisas que me irritam, que me tiram do sério, é certos organismos e respectivo pessoal achar que pode fazer tudo quando e como quer sem pelo menos avisar quem poderá ser lesado.
Neste caso refiro-me às obras de conservação do viaduto de Pedrouços.
O problema não é fazerem as obras, acho muito bem que as façam, mas pelo menos tem de haver o bom senso, a decência e o respeito pelas pessoas e deveriam avisar.
Passo a explicar:
Ontem ao fim do dia quando regressava do meu footing, dou por mim a ser “desviada” por um sinal de trânsito, aquele redondinho com fundo azul e uma seta branca e um sinal de desvio o com fundo amarelo e letras pretas, para a rotunda do passeio marítimo de Algés. Ora o meu objectivo e de todas as pessoas que estavam em bicha era atravessar o viaduto para ir DIRECTO da Av. Brasília para Algés, o dito desvio além de não ter continuação de informação era nem mais nem menos quase como dar a volta a Portugal para ir para Algés. Explico: quem queria ir para Algés e arredores tinha de apanhar a Cril até à rotunda da Decathlon e voltar para trás ou ir até ao Restelo e descer até Algés.
Pior do que tudo isto é que não havia aviso nenhum nem de que o trânsito ia ser cortado nem até quando!
Haja pelo menos respeito, acho que aqui até posso dizer que a liberdade de uns acaba quando começa a dos outros!
Mas o mais ridículo estava para vir, como não sou miúda para ficar sossegada sem perceber o que se passa, resolvi telefonar a quem me pudesse dar informação. Pois bem liguei para as 2 esquadras da PSP da zona e em ambas respostas de espanto “o viaduto está cortado?!”. Amavelmente um agente de uma das esquadras dá-me o nº da Policia Municipal e a resposta não foi tão espantada assim, mas também não tinham muita informação e finalmente a divisão de trânsito informa-me que o viaduto estará cortado 3 a 4 dias para obras de conservação.
Agora pergunto:
Custa muito informar os cidadãos/condutores de que vão cortar o trânsito e por quanto tempo?
O cidadão comum quando constrói seja o que for não tem de pôr um placar com toda a informação relativa à obra?
Porque é que um país que se diz democrático há sempre uns que se julgam mais que os outros?
(aqui incluo, por ex., quem tendo lugar ou não para estacionar acha que por estar a descarregar mercadoria tem de interromper o trânsito todo...porque lá está, os outros condutores não trabalham, estão a passear, mesmo que isso seja às 7h da manhã!)
Isto tira-me do sério!
Agora além de estar irritada tenho de descobrir outro sitio para ir andar ao pé do Tejo!

quarta-feira, 22 de outubro de 2008

...

Atiraste uma pedra no peito de quem só te fez tanto bem
E quebraste um telhado, perdeste um abrigo
Feriste um amigo
Conseguiste magoar quem das mágoas te livrou
Atiraste uma pedra com as mãos que essa boca
Tantas vezes beijou
Quebraste um telhado
Que nas noites de frio te servia de abrigo
Perdeste um amigo que os teus erros não viu
E o teu pranto enxugou
Mas acima de tudo atiraste uma pedra
Turvando esta água
Esta água que um dia, por estranha ironia
Tua sede matou
Atiraste uma pedra no peito de quem
Só te fez tanto bem


Maria Bethania

Autódromo de Portimão


Campeonato do Mundo de Superbike 2008 em Portimão 31 de Outubro a 2 de Novembro.
Será que consigo ir?...

terça-feira, 21 de outubro de 2008


E... a chuva chegou! Não tanta como no sábado passado, mas chegou.
Mas se acham que isso desanima as Belém Trotters enganam-se. Pois é, mesmo com chuva pomos um chapéu, figuras rídiculas é certo, lá continuamos nós, sem dia marcado e quase sem hora marcada. O que é certo é que vamos quase todos os dias e às vezes tendo só como companhia o rio Tejo!

Que estamos cá a fazer?

Às vezes penso o que é que estamos cá a fazer?
Há com certeza algo melhor depois desta vida.
O que dizem que podemos aprender com o sofrimento que nunca acaba, depois de sofrermos por isto começamos a sofrer por aquilo será para ser aplicado noutra altura que não em vida como a conhecemos?
Quando me dizem e eu me tento convencer, que a vida é boa e que a temos de aproveitar ao máximo, acho sempre que é mentira.
Acabo por dizer o que todos dizem e começo a pensar que raio de vida é esta e de todos em geral?
Todos os dias é um corre-corre em transportes públicos ou isolados nas nossas cápsulas andantes, qual Nespresso, para irmos trabalhar, para ganhar dinheiro que se gasta num instante, vamos para casa nas mesmas cápsulas e ainda somos privilegiados porque temos as ditas cápsulas, tentamos aproveitar um bocadinho do serão, vemos um amigo a correr… e recomeça tudo novamente.
As férias às vezes são uma lufada de ar fresco, mas quando estão quase a acabar, já estamos a pensar “pronto lá vamos nós voltar ao ram ram e ao corre-corre.”
Não estamos com quem queremos, às vezes, talvez muitas, fazemos o que não gostamos, os nosso sentimentos muitas vezes não são retribuídos…
E depois há algumas pessoas que parece que tudo é fácil para elas: o esforço que fazem para terem o que querem é quase ínfimo, vivem com quem gostam, os filhos não dão problemas de maior, têm a profissão que gostam, … Ou será tudo fachada?!
Ou será que estou a ficar ...
O melhor mesmo é chutar tudo isto para trás das costas e chutar a vida prá frente com ou sem corre-corre (aqui para nós, já não corro para muita coisa, só mesmo para quem merece!)

Sentimentos

É raríssimo encontrar nos adultos a pureza de sentimentos que sentimos haver nas crianças e mais raro ainda é encontrar essa pureza numa relação.
Há medida que vamos crescendo, vamos aprendendo que a vida nos obriga a construir/fazer jogos para obtermos o que queremos.

Temos de fintar, driblar, fazer passes, blufar, enfim todos os termos utilizados nos jogos que se lembrarem.
Eu assumidamente não consigo e não gosto, por isso não me esforço em jogar.
Sei que só eu fico a perder, mas sabem que mais, que se ****!
Há uns tempos atrás conheci uma pessoa que me pareceu que poderia ser também assim, aliás foi ela que me alertou para isso, mas parece-me que me enganei ou então os jogos de outros conseguiram dar-lhe a volta...Se foi isso tenho esperança que um dia volte a ser como era.
Não pensem que sou uma santinha que anda por aí ...Não sou, garanto-vos!!




Como vai este País...


Contaram-me uma situação caricata que demonstra bem como as pessoas, em geral, encaram a sua profissão:
Entramos numa padaria de bairro ao fim do dia e vemos que o pão que lá está não tem aspecto nada convidativo.
Entretanto, o cliente repara num tipo de pão que habitulamente não há lá e pergunta:
Cliente- Que pão é este?
Funcionário - É pão.
Cliente - Sim, sei que é pão, mas de que tipo?
Funcionário - Que tipo como?
Cliente - Se é de mistura, só trigo.
Funcionário - Sei lá que tipo é!
Cliente - Mas tabalhando aqui todos os dias achei que devia saber que pão é!?
Funcionário - Pois, não sei.
Não me lembro se o cliente levou ou não o pão, porque a situação é tão rídicula e deprimente que fiquei a pensar - o que se passa com as pessoas neste país que nem se interessam pelo que fazem?
Não interessa se são Drs., Engs., carpinteiros, canalizadores, trolhas... o que interessa é que deviam encarar o trabalho com brio e como trabalho e não emprego.

Assim vai este país!

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Agora a letra!

If you search for tenderness
It isnt hard to find
You can have the love you need to live
But if you look for truthfulness
You might just as well be blind
It always seems to be so hard to give
Honesty is such a lonely word
Everyone is so untrue
Honesty is hardly ever heard
And mostly what I need from you
I can always find someone
To say they sympathize
If I wear my heart out on my sleeve
But I dont want some pretty face
To tell me pretty lies
All I want is someone to believe
Chorus
I can find a lover
I can find a friend
I can have security
Until the bitter end
Anyone can comfort me
With promises again
I know, I know
When Im deep inside of me
Dont be too concerned
I wont ask for nothin while Im gone
But when I want sincerity
Tell me where else can I turn
Because youre the one
that I depend upon
Chorus

Billy Joel - Honesty

É o que dá ouvir a M80,
Encontramos músicas que estavam escondidas no Baú e que nos fazem voltar às festas de garagem e aos tão esperados slows!

Nessa altura provavelmente só pensávamos que era um slow, agora além do slow, reparem na letra.
É tão bom recordar estes tempos em que só nos preocupávamos em divertir-nos. E não pensem que fico triste ou melancólica, fico sim feliz por ter vivido o que vivi e por ter aproveitado tudo.



Segredo Cor de Rosa, lembrei-me de ti!

Tal e qual como cá!


Patrão do Deutsche Bank renuncia ao seu bónus anual.
O presidente do Deutsche Bank, Josef Ackerman, anunciou ter renunciado ao seu bónus anual, no valor de alguns milhões de euros, por «solidariedade» nestes tempos de crise financeira.

In SOL

sábado, 18 de outubro de 2008

Movin on




But I know that Ill get trough this
cos I know that I am strong


Cher - Believe

Mudança?...

Nunca me senti tão segura, forte e destemida, apesar de estar toda partida por dentro..
Sinto vontade de experimentar tudo o que não experimentei até aqui, de estar com pessoas que não conheço, de me atirar para novos desafios!
Eu que era, sim era tão recatada...
Tenho a estranha sensação de que nada me vai impedir de fazer o que quero fazer e pela 1ª vez em muito tempo estou a marimbar-me para o que pensem.

???


Recebi esta imagem por email.
Palavras para quê!...

sexta-feira, 17 de outubro de 2008

Quase...


Quase, quase fim-de-semana, uuuuuf.
Daqui a pouco lá estarei eu cheia de energia com passadas rápidas ao pé do Tejo.


(Fotografia internet)
"An expert is someone who knows more and more about less and less, until eventually he knows everything about nothing"

Nicholas Murray Butler
1902-1945
(Columbia University)

Cuidado com os pormenores


Já não me devia espantar com muitas coisas que vejo, mas há dias em que estamos mais sensíveis ou susceptíveis ao que se passa à nossa volta e hoje deve ser um desses dias.
Acho muito bem que as pessoas sigam as tendências da moda e que se actualizem, mas têm de se ver ao espelho com um olhar um bocadinho critico e dentro do que existe ver o que as favorece ou não.
Sei que gostos não se discutem, mas há gosto e há o ficar mal mesmo.
Hoje reparei numa rapariga nova, gira a quem provavelmente muitas roupas modernas ficam bem, e ela estava bem, mas… a blusa era curta de mais ou as calças de cintura descaída demais e... viam-se uns pêlos feiosos entre uma e outra peça de roupa.
Miúdas, tenham atenção aos pormenores, um bocadinho de cera neste caso não fazia nada mal nenhum!


(fotografia internet)

As frases que os Amigos nos dizem

Apenas sei o quanto te via feliz…. E o quanto gostava de te ver novamente feliz!

domingo, 12 de outubro de 2008

Mamma Mia


Com uma semana de atraso aqui vai uma das músicas do Mamma Mia.
Escolhi esta porque... me pôs a chorar no cinema, imaginem! Mas reparem na letra.
Apesar de preferir a versão original, as expressões da Meryl Streep são absolutamente fabulosas. A dor profunda está toda ali...
Tenho de ir ver outra vez para enxotar os fantasmas.

sábado, 11 de outubro de 2008

Cavalia


Fui ver o espectáculo "Cavalia", muito, mas muito bom mesmo.
Estava à espera de um espectáculo mais equestre e de acrobacias diferentes.
O que vi foi uma coreografia fabulosa, com uns cenários... os cavalos fantásticos e lindos. Os actores/bailarinos/acrobatas, nem sei que adjectivo usar...
Tudo era feito com um à vontade e leveza que nos parecia facílimo.
Quase parecia um sonho em que tudo decorre suavemente.
O ou um dos "inventores" deste espectáculo é um dos criadores do famoso Circe du Soleil, e quem já viu o Circe vê algumas semelhanças-
O recinto em si está muito bem organizado,mas penso que as bancadas deveriam ser em semi-circulo, porque quem fica nas extremidades não consegue "apanhar"
algumas partes do espectáculo.
Era o dia de anos da minha sobrinha mais nova, foi a família quase toda, pais, irmãos sobrinhos e amigos, tipo excursão mesmo, o que também me fez recordar os programas
organizados pelos meus avós e que eram sempre animadissímos (somos 13 primos), divertidos e... (suspiro). É bom lembrarmo-nos das coisas boas!
Valeu a pena!
Obrigado cunhada pela iniciativa e organização.
(Foto internet)

sexta-feira, 10 de outubro de 2008

You Give Love a Bad Name



Shot through the heart!

Bon Jovi

I Don´t Wanna Miss a Thing


Aerosmith

Finalmente!!!

Consegui publicar um videooooooooooooooo!
Três!

quinta-feira, 9 de outubro de 2008

Times Like These



Foo Fighters

Here I Go Again


Whitesnake

Uf

Não sei se desligo ou atendo o telefone... Qual deles? Tenho 3!
Se anoto o que o chefinho me está a dizer, se respondo ao email urgentissimo, se respondo à pergunta do chefinho, se...
Berlindes para isto, é tudo ao mesmo tempo!
- Ok vou já
- É preciso ligar ao...
- Estou a ligar!
- E respondeu ao..., fez-me a agenda da reunião e anotou os telefonemas para a tarde?
- Sim, sim, sim.
- Atenda sff a chamada do...
...
- E o café?
- Agora não.
- Agora não?!
- Não, não posso estar em 2 sitios ao mesmo tempo!
- Ah... então traga depois sff.
- Ok
- Já viu o que lhe pedi na net?
- Estou a responder ao email que pediu, a tentar fazer outro telefonema, a actualizar a agenda, a marcar as 2 viagens, a ... e tenho de ir buscar o seu café. Prioridades?
- Silêncio
- Entendi, decido eu, por isso o cafézinho fica lá mais para o fim da tarde!

I´m Yours



Jason Mraz

Um dia destes ainda bato em alguém!


Dizem que o Amor é um sentimento fantástico, lindo, o melhor sentimento do mundo.
Pois é, mas quando me dizem isso só me apetece bater em alguém...
Que chatice de sentimento, ora nos deixa babados, ora cegos, surdos e até mudos,ora nos deixa desaustinados, nervosos e irritados.
O melhor mesmo é nalgumas alturas, não pensar/sentir muito.
Ok, a vida é mesmo assim e sem todos estes estados de alma, sem sobressaltos seria uma rotina enfadonha, mas pelo menos podia ser mais suave e não nos fazer sofrer tanto!
Porque será que amor está sempre ligado a esperança?
Mas é bom, muito bom mesmo quando sentimos o coração disparar e sabemos que há outro que também dispara. Quando será que isso me acontece outra vez?
Mera questão retórica - quando menos esperar!

Trabalho e bom humor

Estou atafulhada de trabalho!
Não sei porquê mas cada vez que precisam de alguma coisa nesta empresa, vêm ter com quem? Aqui com a Je. Devo ter escrito na testa ou na secretária centro de informações e desenrasque!
Como se isso não bastasse, passei a acumular outras funções, como por exemplo a agenda do patrão que já tinha, e dos comerciais em estadias no estrangeiro!
Farto-me de dizer que o tempo não dá para tudo, mas já estou como o outro: "Niguém me liga!"
Claro que algumas coisas vão ficando para trás.
Ontem estava eu a tentar fechar uma das agendas, sim neste momento tenho de fechar 2... e a concentrar-me quando aparece um coleguinha a pedir mais uma informação:
- Sabes?...
Nem o deixei acabar
- Não sei de nada, nem estou cá. Neste momento e até 6ª feira estou em...
- E está bom tempo aí onde estás? A praia está boa?
O que vale é que trabalho com pessoas bem dispostas e é claro que com a resposta dele comecei a rir e ajudei-o a resolver o problema.

Biaturas

Sei que guio depressa, mas há cada vez mais pessoas a guiarem depressa e sem saber o que fazem!
Penso muitas vezes "onde será que tiraram a carta?", "será que têm a noção de que um carro pode ser uma arma quando mal utilizado?"
Aliás tenho reparado que apesar de só se falar em crise cada vez há mais carros a circular...
Será que o país está mesmo em crise?

quarta-feira, 8 de outubro de 2008

segunda-feira, 6 de outubro de 2008

Inómodo...

Um fim-de-semana que se previa confuso por causa da logística social das teenagers ficou de repente calmo?! Os programas mudaram de repente e tudo foi muito mais fácil.
Para contrabalançar a minha parte social deixou-me irritada...Estive com Amigos com quem gosto de estar, mas não sei porquê há quem diga que certas coisas que faço ou que digo que faço incomodam... Irrita-me não entender o porquê desse incómodo.
Incomodada fiquei eu!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

sábado, 4 de outubro de 2008

Será este o dito outdoor?


Será um elogio?...

Sou um bocado distraída e há coisas em que nem reparo na rua, como por ex. os outdoors.
Hoje uns amigos meus disseram-me que se cruzavam a toda a hora comigo.
Fiquei espantada e perguntei onde, porque nunca tinha dado por nada.
Resposta - na rua.
Na rua?!
Sim, o anúncio da ... és igual à que faz o anúncio, mas mais gira!
Claro que fiquei satisfeita pela última parte da frase, mesmo sem ainda ter visto o dito outdoor. E fiquei curiosa...
Tenho de ir procurar um!

Belém Trotters

As Belém Trotters estão cada vez mais em forma e animadas, apesar de algumas agruras da vida que dizem nos fazem crescer e amadurecer... Pois eu, e acho que elas, dispensava algumas e preferia ficar na pré-primária e verde!! Agumas dessas agruras não nos fazem crescer, só nos ensinam a desconfiar e a deixar de sonhar...
Retomando, as Belém Trotters não páram, andam e andam e andam... e já nem é para manter a boa forma é sim para manter a sanidade mental, para descomprimir do dia-a-dia. As parvoeiradas, o que rimos, choramos... aliviam-nos e dá-nos força para enfrentar o que se atravessa no nosso caminho e avançarmos.
Seja fim-de-semana ou durante a semana, sempre que podemos, sem dias pré marcados, lá estamos nós e depois de uma boa caminhada se podemos sentamo-nos num banco, fumamos um cigarro e ficamos a ouvir o Rio ou na converseta, até os deveres domésticos os chamarem!!!

sexta-feira, 3 de outubro de 2008

Hoje estou a melhorar






Apesar de ainda me sentir assim, já não é preciso fugirem!









Amanhã provavelmente já devo estar mais soft...

(att. não gosto de gatos, mas foi a única imagem que me pareceu adequada ao estado de espirito)


quinta-feira, 2 de outubro de 2008

Aviso não é uma anedota!


Pedido para marcar a sala de reuniões por email:
Eu - O Dr. vai precisar da sala de reuniões dia 10 às 16h30.
Está disponível?
M - De quando?? Amanhã est?
Eu - Não, dia 10 de Abril, 2ª feira às 16h30.
M - Das 10 às 16H ou às 16H?
Eu - Não, dia 10, 2ª feira a partir das 16h30 até às 19h00.
Depois de ter perdido a paciência, de ter contado até 10, respirado fundo outras tantas vezes, … peguei no telefone e expliquei-lhe devagarinho que precisava da sala para dia 10 a partir das 16h30 até às 19h00.
Resposta M. - Ah, já percebi!
Confirmação da M. por email - Ok
O que nos acontece no local de trabalho às vezes faz-nos quase chorar, o pior é que situações como esta são cada vez mais frequentes e podem até pensar que isto se passou com uma miúda nova, mas não!... tem a minha idade e trabalha há mais anos do que eu.
Haja pachorra!

Hoje continuo assim...



Fujam!....

quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Conselho Antigo

Era eu uma teenager inconsciente e um amigo mais velho deu-me o seguinte conselho:
- Para curar um desgosto de amor é preciso um novo amor.
Na altura não entendi ou não estava nem aí, hoje não sei se percebo, mas estou aí...

Hoje estou assim...


Amanhã e depois de amanhã devo estar bem pior. O melhor é fugirem de mim!!!!!!!!!!!!!!

Golf

- Ai compadres, já chega de sueca e dominó. Tou farto disto!!
- Atão e se fossemos jogar golfi ?
- Cum'é quisso se joga ?
- É c'um pau, umas bolas e um buraco.

Diz um: Atão tá beim ; ê cá dou o pau.
Diz o segundo: - Prontos ê cá dou as bolas.
Diz o terceiro: ê cá nã jogo.

Frase

Aprendi que... não posso escolher como me sinto...
mas posso sempre fazer alguma coisa.

Para Mim

Amigos para mim são aquelas pessoas especiais que nos dão colo quando precisamos, com quem damos uma boa gargalhada, com quem podemos estar sem falar uma tarde inteira sem constrangimento...
Podemos estar sem nos ver ou até mesmo sem qualquer contacto durante algum ou muito tempo e quando nos vemos é como se estivessemos estado juntos no dia anterior.
São aqueles que nos dizem tudo, mesmo o que magoa e que sempre que realmente precisamos largam tudo para nos confortarem.
Temos poucos amigos na vida, conhecidos temos muitos, e só descobrimos quem verdadeiramente é nosso amigo quando nos encontramos em momentos dificeis.
Eu descobri quem verdadeiramente é meu amigo mais ou menos há 10 anos atrás e é um privilégio fazer essa descoberta tão cedo na vida.
Mais tarde, recentemente, redescobri outros e isso é das melhores coisas que nos podem acontecer.