sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

25 de Dezembro

A minha pimpolha chegou cedo, estava eu a tomar café no rio com as amigas e com pena de não ter umas sapatilhas para ir fazer um footing!
Claro que vim para casa a correr para abrirmos as nossas prendas e gozarmos um bocadinho do Natal a duas.
A seguir almoço de dia 25 em casa dos avós mais uma vez. Este almoço foi mais animado ainda devido à presença do meu irmão caçula que goza com tudo.
Depois do almoço vimos finalmente tinhamos feito uma tentativa na véspera mas um problema técnico..., o filme da última descida do Douro – Uma pequena Aventura – este filme é uma reportagem que RTP fez da última viagem de barco rabelo planeada e realizada pelo meu Avô cerca de 1970 e que durou 3 dias de Freixo de Espada à Cinta ao Porto.
A realização desta viagem depressa se tornou um acontecimento nacional, Mas o que mais me fez impressão foi de repente ouvir a voz do meu Avô! Os gestos, a figura de tudo isso me lembro, mas a voz já não me lembrava e de repente ouço-o com o seu discurso fluído e tão claro a falar sobre o futuro do rio Douro e a importância do seu papel no turismo nacional o que estão agora a tentar fazer já ele preconizava!
A meio da tarde depois de pormos as prendas ao pé dos respectivos sapatos, cada um de nós deixa 1 sapato em casa dos meus pais, começaram a chegar os que faltavam. Mas para abrirem as prendas os miúdos têm antes de cantar ao menino Jesus!
É sempre uma guerra porque os mais velhos já não querem, outros não atinam com as guitarras… mas ao fim de um bocado lá cantaram 2 ou 3 músicas e os adultos acompanharam na última com um coro bem afinado!
Mas havia uma surpresa… para depois da distribuição das prendas que demorou quase 2h, em que eu até vesti um pijama do Snoopy com um mini strip, por cima da roupa que tinha vestida!
A surpresa era: Em 1973 os meus pais tinham feito uma gravação nossa a cantar, tínhamos nós entre os 5 e os 10 anos mais ou menos, e resolveram pôr a gravação para os miúdos nos ouvirem cantar também! Foi risada geral as crianças nem queriam acreditar que eram as vozes dos pais e nós próprios também não. Algumas pareciam as vozes dos nossos filhos! Foi tão engraçado.
A seguir lá fomos jantar e a conversa animou até tarde.
Para acabar o que foi que estivemos a ver? o dvd Mamma Mia!


Mini reportagem:









10 comentários:

gimbras.nofuturo.com disse...

Ena, bem animado!
A minha noite de 24 foi bem simples: jantar com os pais normalíssimo. A única parte mais coisa foi o raio do polvo e do bacalhau que mal consigo mastigar! lol

Mais nada de especial. A única diferença é que eles nunca jantam. :P

Nada que se compare a essa festança!
Feliz Natal!

mimanora disse...

Gimbras, preferias o tal bifinho com batata frita, não era?
Lá em casa o 24 não é tão animado, porque são só 2 crianças já cresciditas e 6 adultos, mas o 25à partir das 16h é sempre uma animação, muito barulho e brincadeira e a distribuição de presentes como é feita do mais novo para o mais velho e cada um abre uma prenda de cada vez e agradece a quem a deu dura e dura...

eva disse...

Deve ter sido bem divertido!!! Eu tb gostei muito do meu, bem mais simples mas com 3 sobrinhos a fazer diabruras - bem, uma delas só dormia (2,5 meses)!!! :D
Gostei particularmente da foto dos sapatinhos! ;)

gimbras.nofuturo.com disse...

Acho que não estava com apetite para nada. Sinceramente, destoaria se me fosse servido o tal bife. Mas que não consegui comer o polvo nem o bacalhau, não consegui mesmo. :D

Matrix disse...

Efectivamente temos de dar graças por ter grandes familias, e especialmente, e mais ainda, pelo facto de todos nos darmos bem!

L.M disse...

Eh lá, alta festança menina!! :)
Assim vale a pena! ;)
Ainda bem que correu tudo bem!!
Beijocas

mimanora disse...

Eva, os sapatos da frente, os mais pequenos são os meus e os dos meus irmãos, são os nossos primeiros sapatos que tiveram um banho de cobre os de trás são os dos miúdos patudos.
Gmbras, realmente o bife destoaria :)
Obrigado L.M.,são sempre uns natais muito animados e espero que o teu também tenha sido!

eva disse...

Mas que giro! (não tinha visto a imagem aumentada) Assim os sapatos perduram sempre! :)

Tita disse...

O verdadeiro espírito de Natal... Um beijinho gigante para ti minha querida***

mimanora disse...

Eva, é uma ideia engraçada. Ainda fiz um par para a minha filha, os primeiros sapatos de ballet!
Tita, um beijo muito muito grande para ti.