terça-feira, 6 de janeiro de 2009

O Encanto de Ter um(a) Amante

Para a generalidade das mulheres, - ter um amante significa - ter uma quantidade de ocupações, de factos, de circunstâncias a que, pelo seu organismo e pela sua educação, acham um encanto inefável. Ter um amante - não é para elas abrir de noite a porta do seu jardim. Ter um amante é ter a feliz, a doce ocasião destes pequeninos afazeres - escrever cartas às escondidas, tremer e ter susto: fechar-se a sós para pensar, estendida no sofá; ter o orgulho de possuir um segredo; ter aquela ideia dele e do seu amor, acompanhando com uma melodia em surdina todos os seus movimentos, a toilette, o banho, o bordado, o penteado: é estar numa sala cheia de gente, e vê-lo a ele, sério e indiferente, e só eles dois estarem no encanto do mistério; é procurar uma certa flor que se combinou pôr no cabelo; é estar triste por ideias amorosas, nos dias de chuva, ao canto de um fogão; é a felicidade de andar melancólica no fundo de um cupé; é fazer toilette com intenção, o maior dos encantos femininos! Etc. Estas pequeninas coisas, que enchem a sua existência, que a complicam em cor-de-rosa, que a idealizam - são a sua grande atracção. É o que amam. O homem amam-no pela quantidade do mistério, de interesse, de ocupação romanesca que ele dá à sua existência. De resto, amam o amor. Havia muito deste sentimento nas místicas e nas antigas noivas de Jesus. Amavam a Deus porque ele era o pretexto do culto.
Eça de Queirós, in 'Uma Campanha Alegre'

Isto era há uns anos atrás, mas com algumas nuances e alterações julgo que está actual!
Normalmente quando se pensa neste assunto, partimos logo do princípio que quem tem amantes é o homem.
Não é bem assim e há muito tempo atrás era frequente uma mulher ter amante(s). Tinham tempo... hoje o tempo escasseia mas... Há ainda muitas mulheres a terem amantes?
Que pensam?
Seriam capazes de ter um amante?

8 comentários:

gimbras.nofuturo.com disse...

Eu era capaz. Mas para isso teria de ter uma amada. lol. Como posso ter o acessório se não tenho o fundamental.

Não, não era. É mto má a traição.

Bento disse...

O Amante hoje é um nickname sexy, por trás do qual, se idealizam fantasias sem concretização prática...Sim...a esse nível, muita gente trai...

mimanora disse...

Gimbras é mau, não é?
Bento em relação à palavra em si estamos de acordo, agora discordo quando dizes "fantasias sem concretização prática..." Conheço algumas e alguns, acho que até mais elas que eles e que fazem todo o percurso!

Matrix disse...

Sem dúviad alguam que ter um(a) amante será uma situação exactamente como a bem descrita pelo Eça.. não fosse ele um excelente (d)escritor e especial observador (com rasgos de qual cirugião de bisturi na mão)da sociedade!
Hoje talvez mais adaptado às novas tecnologias de sms/telefonemas/mail's, etc mas a descrição é de facto exuberante e excelente... Grande Eça!!!

L.M disse...

Não sou nada apologista dessas situações e posso dizer com muito orgulho que nunca traí, mas uma coisa é certa, aprendi com o tempo que nunca devemos dizer Nunca!! We never know!! ;)

Matrix disse...

lol... peço desculpa pela deslexia do teclado... Tita, consegues curar isto com umas sessões de fisioterapia?

...Ju... disse...

não... não era capaz.

mimanora disse...

Será só infidelidade ou também deslealdade?