sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Dor...

O sofrimento da melhor amiga, a minha pequena afilhada e a irmã inconsoláveis...
Só queria ficar com elas, fazer com que a dor da perda passasse depressa, dor que só consigo imaginar um bocadinho e que deve ser terrível.
A impotência de não conseguir fazer nada a não ser tentar, por momentos, atenuar esse sofrimento.
A nossa vida parece feita de grandes fases, a dos casamentos, a dos nascimentos, a dos baptizados e a da morte.

9 comentários:

Wish disse...

Também eu já sofri com duas das minhas melhores amigas: uma quando perdeu a mãe, outra quando perdeu o pai.

Apesar de ser a lei da vida, não a aceito muito bem. Não tenho medo "dela" nem nada do género, acho que o pior, é quem cá fica combater as saudades...

Mas também gosto de pensar que ninguém morre, enquanto vive nos nossos corações. Enfim...

Bj*

JBrito disse...

Uma treta.
Mas é assim e carga na coisa e alevanta a outra e mete e liga e PLAy it!!!

João disse...

o que pior de se querer ajudar outra pessoa que está a sofrer é nãoconseguirmos realmente sentir a dor por que está a passar.

Um gajo qualquer... disse...

Neste momentos há muito muito pouco a dizer...

:(

Sadeek disse...

É a lei da vida, "Mim", por mais que nos custe. E ás vezes parece-nos tão injusto...

Beijo enorme...e força para ti para que a possas passar a elas...

Alexandre disse...

Quem tem algo por que viver é capaz de suportar qualquer "como" - Nietzsche

Ajuda-as a encontrarem o "algo"...

Tita disse...

Eu já sofri na pele... e felizmente tive amigas para me apoiarem!

gimbras.nofuturo.com disse...

Partilhar com amigos é muito importante.

pensamentosametro disse...

É bem verdade o que dizes. Avida é feita de fases, umas mais, outras menos alegres.
Força, daqui até aí para que tenhas o necessário para apoioar a tua amiga.


Bjos


Tita