terça-feira, 10 de novembro de 2009

Portas

Li este post da amiga Eva sobre portas, as da vida, e uma parte do comentário que fiz foi que não as devíamos fechar, deviam ficar encostadas.
Este tema das portas da vida ou até das janelas é algo que já há muito tempo me “persegue” e depois de ter comentado o post da Eva pensei “assunto arrumado, a Eva ajudou-me a tirar isto da cabeca!”
Engano!!!!!!!
Não é que o dito assunto das portas a meio da manhã me assaltou e não me deixou sossegar um minuto?????
Devemos sim abrir todas as portas que nos vão aparecendo ao longo da vida, com mais ou menos amor, com mais ou menos carinho, com mais ou menos delicadeza, com fúria, com dor, com alegria…
Agora a questão de as deixar encostadas ficou a martelar, foi o que mais me incomodou, e indo ao fundo do meu baú cheguei à conclusão que HÁ PORTAS QUE DEVEMOS MESMO FECHAR E SE FOR PRECISO TRANCÁ-LAS!!!
E se tiverem de ser abertas que não o sejam por nós que seja quem ou o que as obrigou a fechar a abri-las, com esforco.


Desculpem os c sem cedilha, não sei o que se passa com este teclado

10 comentários:

eva disse...

Fiquei contente por me teres alertado para a necessidade que também há, de fechar ou encostar as portas... Teoricamente é bom fechar sempre as portas "a bem", assim nada ficará atravessado que as impeça de fechar e ao mesmo tempo poderão ser abertas com menor dificuldade. Mas sim, há determinadas portas que devem ser abertas, mas pelos outros...
beijinhos

Nirvana disse...

Concordo contigo, que devemos abrir as portas, e, quando não conseguimos à primeira e queremos muito abri-la, tentar as vezes que forem precisas. Devemos deixar que nos mostrem portas que desconhecíamos. Mas quando essas portas nos conduzem para locais onde não queremos estar, temos de as fechar. Muitas vezes é preciso coragem para o fazer. Mais do que para as abrir!
Beijinho

ela disse...

Concordo mas infelizmente fiz o contrario, fechei-a e eu é que a voltei a abrir e mais do que uma vez.
F...que burra

Gemini disse...

Já agora...

http://iblogyouplease.blogspot.com/2009/08/porta.html

Beijoca, Mimanora.

mimanora disse...

Eva :)

Nirvana,custa mais fechar mesmo as portas que têm de ser fechadas do que abri-las, mas às vezes é mesmo preciso...

Ela, burra não. O tempo e a vida vão-nos ensinando.

Gemini, li com muitas atenão, mais do que o normal ;). Não me referia ao Amor quando falei nas portas, mas à vida em geral,acontecimentos e pessoas.
Deixo-te com um pequeno poema que já aqui pus e que "roubei" da Wish

Al perderte..."

"Al perderte yo a ti,
tú y yo hemos perdido:
yo, porque tú eras lo que yo más amaba,
y tú, porque yo era el que te amaba más.
Pero de nosotros dos,
tú pierdes más que yo:
porque yo podré amar a otros como te amaba
a ti,
pero a ti nadie te amará como te amaba yo"

Ernesto Cardenal

Beijinho

Gemini disse...

Sem dúvida, belo, profundo. Sentido!

Sinto que o poderia ter escrito, uma vez que o sinto! Afinal, quantos de nós?...

Talvez gostes...

http://gemini-poetryland.blogspot.com/2009/08/verbo-amar-no-futuro-mais-que-perfeito.html


Obrigado por partilhares esta beleza! Reconheço que não conhecia.

Uma beijoca.

Alexandre disse...

Sem dúvida nenhuma, algumas portas são mesmo para serem trancadas a sete chaves ;)

beijo loirinha

mimanora disse...

Gemini, é o poema que mais me tocou até hoje e eu não sou
muito de poemas ;)
O teu adorei, deixo aqui o comentário que deixei no teu cantinho : Uma maravilha mesmo!
"É por amar-te que eu me vou embora" - saber quando o fazer e ter a coragem de o fazer é a forma mais pura de amor...
Beijinho

Alexandre e quem as quiser abrir que se esforce para isso e as abra sózinho :)
Beijinho moreno

gimbras.nofuturo.com disse...

Portas? Esse gajo não é político?

Se tens problemas com portas fala com um marceneiro. É o melhor que fazes.

Eu acho que há portas que não se abrem, e outras que se fecham mesmo.

Exemplo (é ficção, mas...): http://gimbras.nofuturo.com/fecho-a-porta

Um gajo qualquer... disse...

Já tinha saudades de ler as tuas sempre sábias palavras...

Beijinho.


:)