terça-feira, 3 de novembro de 2009

Dura


Há quem diga que sou dura.
Se ser dura é não vacilar quando tomo uma decisão, então sou.

Pode custar-me horrores, posso sofrer, posso chorar, posso não sossegar, mas se sei que tenho razão ou que estou a fazer o que poderá ser mais correcto ou até ter frutos a longo longuissimo prazo, evitar que fique aos pedacinhos por dentro, não cedo.

Aguento.

5 comentários:

Nirvana disse...

Há quem chame ser dura, há quem chame ser teimosa.
Pode até dar essa impressão. Quantas vezes estamos a morrer por dentro e parece que estamos na maior!!
Eu chamo saber o que se quer e o que não se quer, ser coerente consigo própria.
Beijinho

fd disse...

Praticamente parafraseado a Nirvana, dura, teimosa, determinada ou decidida são descrições para praticamente a mesma característica, conforme a perspectiva de onde se observa.

Na tua vida és tu que mandas.

gimbras.nofuturo.com disse...

Também sou de tomar decisões bem reflectidas e mantenho-as, custe o que custar.

Alexandre disse...

Dura, mas espero não inflexível :)

Susaninha disse...

DURA, DECIDIDA....ACHO QUE ACIMA DE TUDO TEMOS QUE SER PONDERADOS...
SUUUUUUUrrisinhos:)