quinta-feira, 23 de abril de 2009

Sem um pingo de vergonha!


"Defesa
Otelo Saraiva de Carvalho admite recusar distinção e pôr Estado em tribunal
O capitão de Abril Otelo Saraiva de Carvalho afirmou hoje sentir-se injustiçado com a promoção a coronel ao abrigo da reconstituição das carreiras e admitiu recusar a distinção e pôr o Estado em tribunal"
In Sol

Se há assunto que me toca e me indigna mesmo, é este. Só de ouvir o nome fico mal disposta, ultrapassa mesmo As Coisas que me Irritam... tenho de ir ler os comentários do Blitz ou do Record!
Na enxurrada de escândalos, desvarios e afins deste país só faltava mesmo isto!


Podem ler o resto da noticia aqui



6 comentários:

gimbras.nofuturo.com disse...

Hein?! Muito tempo se perde, realmente, neste País a discutir o "sexo dos anjos". Trabalhem, mas é!

wednesday disse...

Há gente que não tem mesmo mais nada que fazer e que vive parada no tempo.

pensamentosametro disse...

Pois esta criatura não só me assombra como me provoca o vómito só de o ouvir. A maioria das pessoas que passam pelo meu blog e pelo teu, não por culpa deles mas sim pela pouca qualidade dos manuais de história que omitem, para não dizer escondem, a verdade dos factos, não têm a menor ideia de quem foi este "heroi" de farropilha, não passa de um sanguinário assassino, cobarde que tem nas costas 17 crimes de sangue. Eram os dias da brasa o tempo do PREC e uma nova "democria" emergia, lembro-me perfeitamente de este terrorista com a mania que seria outro Che Guevara, ameaçar a populaça de quem não fosse por ele, quem pensasse de outra forma só teria a esperar o Campo Pequeno e uma bala na cabeça.
Clama por uma coisa a que não tem direito absolutamente nenhum, quanto a mim a amnistia dos envolvidos nas FP 25 de Abril, foi uma anedota e uma falta de respeito para com o povo português, mataram, puseram bombas a seu belo prazer, aterrorizaram todo um país em nome de uma revolução que nada lhes pediu. Quanto a mim este falso heroi devia estar preso e expulso do exercito com desonra.
Ao contrário disso clama promoções e indemnizações.
Eu lembro-me bem desses dias e dos outros em que os nossos militares iam chegando das colónias onde deixaram pais, filhos, noivos, maridos e irmãos mortos ao longo dos anos e sofreram todo o tipo de humilhações e rótulos como o de assassino colonial, acreditem que eu sei poraue o vivi na primeira pessoa, mas isso são contas e um outro rosário.


Bjos


Tita

mimanora disse...

Gimbras, o problema aqui é a total sem vergonha.

Wednesday, desculpa mas não percebi que "vive parada no tempo"


Tita, não gosto de escrever nem de falar sobre este tipo de assunto mas aqui não me contive.
É realmente verdade o que dizes e as atrocidades que este e outros considerados heróis fizeram neste país em nome da democracia e da liberdade.
Além do que resumidamente, muito resumidamente descreveste há ainda as pessoas que foram presas por este omem (a falta de h é propositada)sem culpa formada e muitas outras.

E é uma vergonha ver como o 25 de Abril é ensinado e descrito nos manuais escolares, levando os jovens a pensar de um modo totalmente errado.
Muito poderia escrever aqui sobre este assunto, talvez um dia...

bjs

pensamentosametro disse...

Pois podíamos, podíamos até rescvrever alguns manuais de história...


Bjos



Tita

JBrito disse...

Pois o 25Abril será para sempre um marco da liberdade em Portugal.
Foi assim que me instruíram, mas meus amigos enquanto não houver uma revolução/guerra ou coiso, á séria por cá, este país não saberá nem desenvolverá para frente com uma mentalidade concisa nos dias de hoje.
Para dar o exemplo de como andamos, basta ver a personalidade mais, elegida deste país.
Antonio Oliveira Salazar.
Assim andamos.
Aquele abraço simpático (de não de muita confiança) e boa tarde.