quarta-feira, 25 de março de 2009

Pormenor!


Podem achar que estou na tanga, mas não sinto a idade que tenho e é mesmo verdade!
Faço o mesmo que fazia há laaaargos anos atrás sem notar diferença: corro, ando de andas, de bicicleta, ski, jogo futebol com os miúdos, digo disparates e coisas sem pensar, faço asneiras,… tudo como dantes sem sequer ficar dorida.
O único pormenor que me lembra a idade e arrasa comigo é este



… e ontem deixei-os num qualquer restaurante desta cidade fazendo com que quem me acompanhou ao jantar tivesse o bónus de uma viagem extra como digestivo!

9 comentários:

pensamentosametro disse...

Também não me queixo, à excepção desses também... e olha que eu sou mais crescida, ahahahah.

Já não se fazem mais mulheres como antigamente.


Bjos




Tita

Thunderlady disse...

Andas? Tu andas de andas??

OMG!

:D

É giro??


Esse pormenorzinho sem importância acompanha-me há 20 anos, sem eles não sou mninguém! Corrigo, sem eles ainda sou menos do que aquilo que sou, ahaha

Pés disse...

Olá
Estou como a Thunderlady, tu andas de andas??? Mesmo?
Sabes andar de andas faz parte da lista de coisas que quero fazer este ano...
Mas e coragem!?!??!
Abraços
Pés

mimanora disse...

Tita, Já não fazem não ;)

Minhas caras Thunderlady e Pés, ando de andas sim, desde os meus 15 anos, não sou nenhuma perita mas aguento-me e às vezes até consigo dar uns toques na bola! É divertido e não é dificil;)

Sadeek disse...

Mim...andar de óculos...até a catraiada anda, pá!!!

E conheço alguns, não muitos felizmente, velhos com 20 e poucos anos...

BEIJOOOOOOOOOO

João disse...

Então, espírito jovem é que se quer :D

Porque raio é que uma pessoa quando chega a uma certa idade há-de ficar sizuda e parada?

É sempre mas é a aproveitar a vida, que ela não fica guardada numa gaveta para a colecção!

mimanora disse...

Sadeek, para quem nunca precisou desse pormenor não é fácil, não!
João cheio de razão;)

Um gajo qualquer... disse...

Ai o queijo Mimanora... andas a abusar!

:)

gimbras.nofuturo.com disse...

É verdade. Só nos lembramos da idade que temos quando alguém nos lembra ou deixamos cair o B.I. com o verso voltado para cima.