quarta-feira, 11 de março de 2009

Capítulos de um livro

Na nossa vida vamos escrevendo capítulos de um livro, os capítulos da nossa vida, que vão ficando arquivados na nossa memória e que podem ou não ser fechados.
No meu livro existem capítulos encerrados, mas prefiro pensar nalguns como inacabados, em que podemos voltar atrás e reescrevê-los ou completá-los.
Acredito que se tentarmos reconhecer os nossos erros podemos corrigi-los, se deixarmos para trás o orgulho e a teimosia em pensarmos que nós é que temos razão, a teimosia em não querer ver outras perspectivas, se conseguirmos ultrapassar esses “obstáculos” estou convicta que podemos corrigir alguns erros e completar os tais capítulos.

4 comentários:

eva disse...

Do mesmo modo, um livro também espera por nós... Mesmo que seja muito tempo, na mesa de cabeceira... Podemos voltar a ele sempre que quisermos :)

gimbras.nofuturo.com disse...

"(...)se deixarmos para trás o orgulho e a teimosia em pensarmos que nós é que temos razão(...)", o pior é quando fazemos sempre isso e os outros nunca o fazem! Vamos dar sempre o braço a torcer, é? Também não é justo.

Segredo Cor de Rosa disse...

Eu também tenho desses capítulos... inacabados, histórias mal contadas, ou mal resolvidas.
Mas quando o fim se aproximar espero ter a história completa.
Com todos os pontos finais e virgulas exactamente no sítio que têm de estar...
Nem que seja só porque sim...
Um beijinho

mimanora disse...

Eva ;)

Gimbras, não podemos contabilizar se somos sempre nós ou não, por vezes até podem ser 2 a fazê-lo e sem se aperceberem;)

Segredo, não me referia a histórias mal contadas ou mal resolvidas, nem pensei nelas, mas é claro que quando resolvidas o capitulo fica completo!