domingo, 25 de outubro de 2009

Muita coisa em pouco tempo


Uma ida ao Algarve, saída de Lisboa às 10h30 na companhia do meu cunhado.
Tratar das obras que têm de ser feitas, juntar a roupa que tinha de vir para Lisboa, falar com o jardineiro, fazer contas… enfim deixar tudo tratado para poder ter a casa pronta no Verão.
Um almoço rápido numa esplanada, com um tempo fabuloso, apetecia mesmo ficar na praia, a tentação era grande, mas em casa esperava-me um jantarinho que muito me agradava pela companhia.
Toca a vir para Lisboa e cá estávamos às 17h.
Preparar o jantar (alheiras, acompanhamento e…. o bolo de chocolate, claro!), não sem antes arranjar uma das colunas da aparelhagem que pifou e cujo actual representante em Portugal, só para deslocação cobra a módica quantia de 50 € (assalto à mão armada!!!), arranjar a campainha da porta que resolveu deixar de dar sinal…
O jantar foi como gosto, quase em família com as trapalhadas normais numa cozinha que é pequena, gostava mesmo de ter uma cozinha grande, onde cada um ía fazendo o que era preciso, dar de jantar aos miúdos para termos o nosso jantar mais sossegado e gozar o serão com excelentes amigos.
A noite acabou e eu estava exausta mas feliz…
gosto de ter os amigos perto.

Valeu a pena tanta correria!

5 comentários:

Gemini disse...

Pois é, Mimanora, até chegamos a pensar:

- Tenho de cansar-me, porque sem este cansaço não retirarei ao momento, todo o prazer que posso!

É para estes momentos que vivemos tantos outros, difíceis, mas que transportam a certeza de que sim, vale sempre a pena.

Que bom, ter-te sido BOM!

;)))

Um beijinho.

fd disse...

Aos amigos, a homenagem merecida!

mimanora disse...

Gemini, estes são os bons, excelentes momentos!

fd, os Amigos merecem tudo :)

gimbras.nofuturo.com disse...

Ena. Tantos planos e trabalhos.
:D Mas é fixe despachar muita coisa em pouco tempo.

Nirvana disse...

Ena ena que esse Verão vai ser em grande!
Eu gosto de dias assim, cheios! Dizem que tenho bichos carpinteiros, que não consigo estar quieta. Até consigo, e às vezes gosto de estar quieta, mas são poucas, e geralmente mau sinal!

Fui ler o outro post, claro ;). E penso exactamente o mesmo. Não quer dizer que por não fazerem o que eu faço não sejam meus amigos, mas eu quero, eu preciso de estar com eles. Tenho dois amigos, que são assim mais do que irmãos, com quem vou jantar todas as semanas. Terça à noite é sagrada. Em tempo de escola não dá para sair, por isso, faço o jantar cá em casa. E como eu gosto destes jantares!

Beijinhos