domingo, 12 de julho de 2009

Andam por aí zarolhos!

Se tinha dúvidas, tirei-as este fim-de-semana.
Definitivamente nas auto-estradas portuguesas diria que metade dos condutores são zarolhos: andam de máximos ligados sem respeito por ninguém nem pelo perigo que isso representa!

5 comentários:

João disse...

Mania que as pessoas têm de encandear as outras.
Não devem ter tirado o código com certeza...
Acendam-nas só quando estiverem em descampados ou estradas nacionais sem visibilidade nenhuma.
Falta de civismo...

eva disse...

Eu, venho por este meio declarar que não sou zarolha... mas chateio-me com quem o é! lol ;) Tens razão Mimanora! Bj

Thunderlady disse...

Muitas vezes reclamo desse tipo de zarolhice e depois diz-me o THunder: não são os máximos, são os médios mal regulados.
E pronto, temos que levar com este pessoal, não é assim??

gimbras.nofuturo.com disse...

Agora é moda...

Nirvana disse...

Zarolhos e não só!
Acho que metade deles obteve a carta como brinde no Chocapic!
Bjks