quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Dilemas...

Tenho andado a pensar mudar de casa, nada de mudanças drásticas, é no mesmo prédio mas uns andares acima.
São umas trocas e baldrocas costumeiras com um dos meus irmãos que gostava de ficar com a minha.
Já a fui ver e adorei, mas a proposta que estava a pensar fazer não me parece que vá pegar e, enquanto o meu irmão vai e não vai ver o apartamento, tenta perceber da urgência ou não da venda,... o tempo vai passando... Sei que há mais interessados...

Ontem vinha a chegar a casa com a minha filha e na porta das garagens estava um pequeno anúncio da venda do dito apartamento...
Eu - Aiiiiii

A minha filha repara e diz muito rápido "Mãe, tire o papel!"

Eu a pensar na educação, minha e na dela, e no exemplo que lhe deveria dar:

"Não, isso não se deve fazer e se a casa tiver de ser minha é, sem rasgar o papel!"

Mas sempre a hesitar entre entrar, fechar a porta e deixar o papelucho do outro lado ou tirar o dito (de um lado o anjinho, do outro o diabinho)

E a voz do diabinho, leia-se filha, "Ó mãe vá lá, não gosta mesmo muito da casa? Não tem aquela varanda com que sonha?"

E eu, fraaaaaaca, lá tirei o papel, com pouco jeito e quase a medo.... ´com a minha filha a dizer:

"Vá lá, tire o papel, não dói nada, não tem mesmo jeito para estas coisas"

Doer não dói, mas ainda hoje estou a pensar nisso...

Será que vou ser castigada????

3 comentários:

Nirvana disse...

Sinceramente, não acho que vás ser castigada...desde que o papel tenha ido para o contentor azul ;)))
Mas, se queres a casa, podias tirar o papel, certo??
Não são essas coisas que prejudicam alguém!

gimbras.nofuturo.com disse...

Ficas a saber que ofereci o dobro da melhor oferta até agora! Só para te castigar.

eva disse...

ah ah ah! :)